FCO-2102

Favela

1957

código

FCO-2102

Número CR

4185

dimensões

55 x 46 cm

Tipo de Obra

Pintura

Técnica

óleo

Suporte

tela

Informações Gerais

Título
Favela
Descrição
Composição nos tons ocres, terras, verdes, preto, cinzas, azuis e branco. Textura áspera predominante e lisa. Morros geometrizados representando favelas, fazendo fundo para cena composta de músicos, malandro, mulher com lata d'água na cabeça e mulher na janela de um barraco. Os personagens não têm traços fisionômicos definidos. Em primeiro plano, ao centro, grupo de três músicos: um em pé tocando pandeiro e dois sentados - o da esquerda tocando violão e da direita flauta. À esquerda do grupo uma mulher de costas, com lata d'água na cabeça, longa cabeleira lisa esvoaçante e roupa representada como a das índias carajás, isto é, dois triângulos superpostos. Entre a mulher e os músicos, um animal que parece ser um gato greto ouriçado e uma figura pouco definida que parece ser um menino. Por trás dos músicos, formando uma diagonal do canto inferior direito para o centro da composição, um barraco com telhado de uma água, com uma mulher debruçada na janela, à direita do grupo. Em segundo plano, cortado pela margem esquerda do suporte, parte de outro barraco, com a figura de um malandro encostado na porta, com o braço direito levantado. Em terceiro plano, ao centro, um barraco com telhado de meia água, em nível mais elevado que os primeiros. Ao fundo, morros geometrizados em pequenos retângulos representando favelas. No céu, um pouco à esquerda do centro, lua com quarto crescente.
Local de Produção

Descritores

Relações

Evento relacionado 3
Documento relacionado 37

Técnica e Suporte

Tipo de Obra
PinturaTipo de Obra
Técnica
óleoTipo de Técnica
Suporte
telaTipo de Suporte

Autenticidade

Autenticidade
297

Coleção

Coleções anteriores
Galeria de Arte Ipanema adquiridaColeção

Dimensões

Altura (cm)
46
Largura (cm)
55

Assinatura e Anotações

Assinatura (transcrição)
Assinada e datada na metade inferior à esquerda "PORTINARI 57"
Inscrição Exposição
No verso, etiqueta “MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES. RIO DE JANEIRO. EXPOSIÇÃO: PORTINARI (dez anos de morte) DATA Junho 1972 EB”.
Inscrição Outras
No verso, etiqueta “Claudio Araujo”. No chassi, etiqueta da Galeria de Arte Ipanema. No verso da moldura, etiqueta “61 PORTINARI, CANDIDO (1903-1962) FAVELA. ÓLEO S/TELA, 45 x 54 cm 1957. Esta tela demonstra a grande preocupação social de Candido Portinari, entretanto, tanto a composição escolhida como as cores dão ao quadro excepcional lirismo. Como no seu quadro ‘Morro’ do acervo do Museu de Arte Moderna de Nova York, vê-se em primeiro plano à direita um grupo de músicos, a direita a figura típica do malandro carioca dos anos 40, ao centro é interessante observar a figura da lavadeira e lata d’água à cabeça, já tendo nesta o traço das índias Carajás tão explorados pelo artista em trabalhos posteriores. Constou de importante exposição de Portinari no Museu Nacional de Belas Artes em 1972, tendo sido reproduzido no catálogo e tem sêlo do Museu no verso do quadro”.

Similares

 
APOIO
PATROCÍNIO
REALIZAÇÂO